O controle financeiro de uma transportadora é extremamente essencial para o sucesso do negócio. Sem ele, não é possível ter um bom controle do fluxo de caixa, controle dos custos, se as transações estão resultando em um saldo positivo e assim por diante. Por isso, entenda como investir em um bom sistema de controle financeiro para transportadora.

Você pode melhorar todo o funcionamento de sua transportadora vez que saiba bem como está o setor financeiro da mesma. Algumas dicas básicas e simples facilitam essa gestão e são essenciais para o sucesso de seu negócio.

Saiba então como fazer um planejamento financeiro e um controle bem estruturado para sua transportadora, confira as dicas a seguir:

1 – COMECE O PLANEJAMENTO FINANCEIRO AGORA:

O primeiro passo é entender a importância de um bom planejamento e controle financeiro para transportadora. Se você já possui sua transportadora em funcionamento, ela precisa de um controle financeiro desde já. Não espere o fechamento do ciclo de um período, comece desde já fazendo uma estimativa de Receitas, Despesas e Custos Operacionais, analisando o histórico financeiro de clientes que possui, projeções de investimento em determinados setores da sua empresa e assim por diante.

2 – CONSIDERE A AJUDA DE UM PROFISSIONAL: 

Por vezes, sua situação pode ser confusa, ou mesmo, pode ser que você não possua muito conhecimento de finanças e contabilidade. Cogite, nesse momento, contratar um profissional da área. Isso pode te ajudar a organizar o registro das contas e ter uma ideia de como começar essa nova forma de gerir sua empresa.

 3 – TENHA UM BOM SISTEMA DE GESTÃO:

 Hoje, com a tecnologia cada vez mais acessível, pode facilmente adquirir um Sistema de Gestão Financeira OnLine que facilitam o controle sobre as movimentações financeiras, como o contas a pagar, contas a receber, geração de boletos, geração de notas fiscais, faturamento prático, fluxo de caixa, DRE gerencial, DRE analítico, Percentual de Títulos (receitas e despesas), controle de contas bancária, gráficos, relatórios bem específicos sobre o funcionamento de sua empresa, além de permitir que você esteja sempre conectado e atualizado do que está acontecendo na sua empresa em tempo real;

4 – ESCOLHA O MELHOR REGIME TRIBUTÁRIO:

 Existem vários passos necessários para uma boa estruturação empresarial, principalmente quando estamos falando do controle financeiro de transportadora. A escolha do regime tributário é um dos passos mais importantes dessa lista, e mais que indispensável para o sucesso da empresa. 

 No Brasil existem três principais regimes de tributação que podem ser escolhidos pela sua transportadora.

CONFIRA AQUI OS PRINCIPAIS TIPOS DE TRIBUTAÇÃO.

 A escolha deve ser sempre feita e analisada de por um contador com conhecimento no assunto, a fim de evitar problemas com o fisco. Lembre sempre que de acordo com as normas tributárias de nosso país – Quem paga mal, paga duas vezes.

5 – SAIBA SEPARAR DESPESAS PESSOAIS DAS EMPRESARIAIS: 

Um dos grandes problemas que circundam os pequenos negócios é a confusão que ocorre entre as finanças pessoais do gestor e do empreendimento. Manter a organização dos arquivos financeiros, separando as contas que são da empresa e o que é de teor pessoal, é essencial para ter certeza da saúde financeira do seu negócio.

6 –  CONTROLE O FLUXO DE CAIXA DA EMPRESA

 Um dos indicativos mais importantes da economia da transportadora é o fluxo de caixa, e surpreendentemente nem todo gestor acompanha tal dado. Caso você não tenha essa métrica sempre atualizada, passe agora a gerir esta informação, aumentando a rentabilidade e controle financeiro da transportadora de uma forma objetiva e mantendo sempre o fluxo positivo.

7 – CORTE GASTOS SUPÉRFLUOS: 

Alguns gastos de seu empreendimento podem ser excedentes, e ao notar isso através do controle financeiro estabelecido, trate de cortar estes valores o quanto antes, economizando e tornando sua transportadora ainda mais lucrativa;

8 – TOME CUIDADO COM LIMITES DE CRÉDITO:

Disponíveis, acessíveis e principalmente tentadores. Os limites de crédito costumam ser de grande ajuda em momentos de crise da empresa, mas é importante ter um limite bem claro de até onde e quando usar essa facilidade. Planeje o uso desses limites como quem usa um investimento – nem sempre é o momento certo e você deve sempre pensar nas consequências desse passo, quer seja no curto, médio ou longo prazo.

organização e planejamento -erp sylog-tecnologia

 A PRÁTICA LEVA A PERFEIÇÃO, A GESTÃO FINANCEIRA DA SUA EMPRESA AGRADECE

Pode ser até trabalhoso no começo, iniciar todo o controle financeiro da transportadora e ter que alimentar informações dia após dia. Entretanto, já te deixamos mais tranquilo: Muitas informações como faturas, notas fiscais, cobranças e outros eventos financeiro fixos que acontecem todos os meses podem ser automatizados, outros eventos financeiros variáveis e esporádicos que precisam ser lançados manualmente, tornarão algo rotineiro e fácil de se fazer que será quase que intuitivo com a prática em pouco tempo.

 Ao ter um fluxo de caixa bem atualizado, e as contas classificadas no DRE GERENCIAL da sua empresa, você também poderá visualizar problemas futuros e tomar atitudes bem afinadas com o passado de sua empresa e ter uma previsão financeira da empresa a curto, médio e longo prazo. Assim, não precisará lidar com saldo de caixa negativo, antecipando inadimplências e afins.

INVISTA NUM BOM PLANEJAMENTO FINANCEIRO DE SUA TRANSPORTADORA 

O detalhamento aqui é a chave do sucesso, e é sempre mais que necessário. Lembre-se: deixar todo o sistema muito bem construído e engessado é importante para o sucesso do empreendimento, mas isso não significa que nada possa ser flexibilizado, adaptado e  atualizado, ok?

Para melhorar a gestão  e controle financeiro da sua transportadora, aposte em um bom planejamento financeiro, mantendo o mesmo sempre em dia e atualizando o mesmo perante as necessidades da empresa e dos clamores do mercado.

Contar com um profissional capacitado pode te ajudar bastante nesse momento, assim como, entrar em contato com uma empresa que possa te guiar na instalação do sistema de gestão online.

Gostou do post de hoje? Então assine a newsletter e acompanhe mais conteúdo como este! 🙂

Faça um comentário